Home Notícias Aeroporto CONSÓRCIOS APRESENTAM PROPOSTAS PARA TERMINAL 2 DO AEROPORTO EM CONFINS

VC no Portal

Educação

CONSÓRCIOS APRESENTAM PROPOSTAS PARA TERMINAL 2 DO AEROPORTO EM CONFINS PDF Imprimir E-mail
Escrito por Agência Minas   
Sex, 25 de Novembro de 2011 20:52

Expansão de 2009 a 2013 (Fase 1). Foto: Editoria de arte do Hoje em DiaExpansão de 2009 a 2013 (Fase 1). Foto: Editoria de arte do Hoje em Dia

BELO HORIZONTE (25/11/11) - Mais um passo foi dado nesta sexta-feira (25), para a implantação do Terminal 2 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN). Dois consórcios, formados por seis empresas, apresentaram à Comissão Especial de Licitação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), os documentos de habilitação, no processo que irá escolher a empresa responsável pela elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia do terminal. São eles: os consórcios Concremat/Themag e Magi-2, liderado pela PJJ Malucelli Arquitetura Ltda. A abertura dos envelopes transcorreu normalmente.

A partir de agora, a Comissão Especial de Licitação irá analisar detalhadamente a documentação de habilitação das empresas e, em seguida, serão avaliadas as propostas técnica e financeira. As perspectivas são de que, contados os prazos legais para a apresentação de recursos, o vencedor da concorrência internacional possa ser conhecido já no mês de janeiro de 2012.

Atualmente, a capacidade instalada do AITN é de 5 milhões de passageiros/ano, mas a movimentação deverá atingir, ainda em 2011, 9 milhões de passageiros. A projeção é de que a capacidade de passageiros do aeroporto chegue, em 2020, a um total de 20 milhões/ano.

"A expansão do AITN está inserida nas diretrizes do masterplan elaborado por Changi Airport Consultants, já aprovado pela Infraero e que foi contratado pelo Governo de Minas Gerais. Os esforços de ampliação da capacidade do aeroporto estão sendo feitos, não apenas em função da proximidade da Copa do Mundo da Fifa em 2014, mas principalmente para consolidar o AITN como um novo grande hub de cargas e passageiros para a região Sudeste do Brasil e América do Sul, essencial para impulsionar a diversificação da nossa economia", enfatizou o subsecretário de Investimentos Estratégicos da Sede, Luiz Antônio Athayde Vasconcelos.

Aeroporto Indústria

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e o Governo de Minas Gerais estão avaliando o novo modelo de licitação para o Aeroporto Indústria, que irá operar na área do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN), sem a necessidade de um operador logístico. Os critérios da concorrência serão decididos em uma reunião, prevista para esta sexta-feira. O Aeroporto Indústria de Minas Gerais é o primeiro do país e foi credenciado pela Receita Federal em 2005, com o objetivo de aumentar a competitividade internacional das empresas que irão se instalar nesta área.

Pelo novo modelo de concorrência, as áreas dos lotes disponíveis deverão ser concedidas diretamente às empresas interessadas. A proposta do Aeroporto Indústria é atrair empresas com produtos de alto valor agregado que têm no modal aéreo o principal meio de transporte e que irão operar dentro de um regime aduaneiro diferenciado. A proposta integra a plataforma logística da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

O Aeroporto Indústria, em sua fase I, já conta com a infraestrutura em fase final de implantação, com investimentos de R$ 18 milhões. Conforme o edital publicado pela Infraero em outubro, a concorrência realizada pela Infraero previa a concessão do uso de áreas, com extensão total de 205.813m², destinadas à administração e exploração comercial de condomínio industrial logístico pertencente ao Aeroporto Indústria e um Centro Empresarial Logístico. Durante a abertura de envelopes realizada na quinta-feira (23), no entanto, nenhuma empresa de logística apresentou proposta.

"Tudo o que é novo gera curiosidade e alguma incompreensão. Mas estamos determinados a seguir em frente, motivados pelo aspecto inovador do conceito de aeroporto indústria. Não há falta de interesse por parte das empresas industriais. Há grupos que produzem itens de alto conteúdo tecnológico que já manifestaram interesse e nosso objetivo final é oferecer oportunidades para que a economia se diversifique e amplie a capacidade de geração de empregos de qualidade", completou Luiz Antônio Athayde.

Além de oferecer oportunidades de negócios, o Aeroporto Indústria tem como principal característica o tratamento tributário diferenciado, com suspensão dos impostos federais e estaduais, tanto para a importação de componentes, como para a exportação de produtos acabados de alto valor agregado. A primeira empresa instalada nesta área e que iniciou a operação-piloto, durante a fase de homologação pela Receita Federal do sistema de software de controle, foi a Clamper, que produz equipamentos eletrônicos (protetores contra surtos elétricos, para proteção de instalações de escritórios, indústrias e residências).

Última atualização Sex, 25 de Novembro de 2011 20:58
 

Adicionar comentário

Não é permitido palavrões ou palavras que ofendam grupos sociais específicos. Você pode demonstrar sua indignação e/ou euforia, entretanto utilize termos adequados e bom senso.


Reservamo-nos o direito de retirar palavras ou frases ofensivas ou então substituir pelo termo [INAPROPRIADO].

Opiniões políticas, culturais, sociais e/ou religiosas são de responsabilidade de seus COMENTARISTAS.

Antes da publicação dos comentários respondemos os e-mails de todos os COMENTARISTAS para maiores informações; se o e-mail não existir ou não for respondido com as informações solicitadas, o PORTAL DE CONFINS se resguarda no direito de não publicar o comentário.


Código de segurança
Atualizar




Outras notícias:

Powered By relatedArticle

Notícias - Aeroporto

Imagem
FIM DE PAPO. CONSÓRCIO AEROBRASIL LEVA O AEROPORTO DE CONFINS POR R$ 1,8 BI

Juntos, os dois aeroportos arrecadaram 251,74% a mais do que o previsto pelo governo Às 11h36, na... Leia mais...
Imagem
INFRAERO ASSUME OBRA DE TERMINAL EM CONFINS

Empresa construirá empreendimento por meio de contratação direta. Após três tentativas... Leia mais...
Imagem
“VOU DE TAXI”. CONFINS, LAGOA SANTA E BELO HORIZONTE PODERÃO LEVAR E TRAZER PASSAGEIROS ENTRE CAPITAL E AEROPORTO

Convênio terá duração inicial de 6 meses, podendo ser prorrogado. Os taxistas destas cidades... Leia mais...
Imagem
EM CONFINS. TRANSPORTE EXECUTIVO É AUTORIZADO

A exemplo do que já acontece na maioria das capitais brasileiras, o turista que chegar a Belo... Leia mais...
Imagem
GOL 'TOMARÁ MEDIDAS CABÍVEIS' SOBRE DECISÃO DA JUSTIÇA

A Gol informou nesta segunda-feira que recebeu no fim da tarde, por meio dos Correios, a... Leia mais...
Imagem
CONCESSÃO: SUCESSO DO LEILÃO VAI AGILIZAR A PRIVATIZAÇÃO DE CONFINS

Um dos consórcios foi formado por fundos públicos e gerou polêmica São Paulo. O resultado do... Leia mais...
Imagem
INFRAERO QUER LANCHONETES MAIS BARATAS NOS AEROPORTOS BRASILEIROS

Um edital da Infraero, publicado nesta quarta-feira (1º) no Diário Oficial da União, prevê a... Leia mais...
Imagem
INFRAERO ANUNCIA MEDIDAS PARA EVITAR CAOS EM CONFINS

Fluxo aumentará 10% em dezembro em relação a igual período de 2010 Chuvas, obras e um movimento... Leia mais...
Imagem
CONSÓRCIOS APRESENTAM PROPOSTAS PARA TERMINAL 2 DO AEROPORTO EM CONFINS

BELO HORIZONTE (25/11/11) - Mais um passo foi dado nesta sexta-feira (25), para a implantação do... Leia mais...
Imagem
VIAJANTES TROCAM ESTRADAS PELO CÉU

Infraestrutura de aeroportos, tarifas baratas e rapidez fazem moradores da Zona da Mata aderirem ao... Leia mais...
Banner
Se você não quer sua foto publicada no Portal de Confins, entre em contato citando o evento e o número da foto para retirarmos.
 

Leia o Jornal