Home Notícias Entrevista

VC no Portal

Educação

WELCOME TO CONFINS. A LÍNGUA INGLESA É FUNDAMENTAL EM NOSSA CIDADE PDF Imprimir E-mail
Escrito por Adriano Marques   
Dom, 03 de Março de 2013 20:20

A importância do inglês atualmente é indiscutível em qualquer lugar do país, e se esse lugar for uma cidade de Minas Gerais onde fica o único Aeroporto Internacional do estado, então podemos dizer que o inglês é fundamental.

O Portal de Confins convidou o professor de inglês Andreas Anna Albertus Maria van Wesel para falar sobre o inglês em geral, a importância dele para nossa comunidade e como funciona o curso de inglês na Progress.

Andreas é natural da Holanda e desde 1995 é casado com Rosemira, cujo pai Augusto Ribeiro dos Reis, falecido em 2009, era natural de Confins.

Com pós-graduação em gerência de exportação mudou-se para Brasil, Belo Horizonte, em 1996 para procurar mercados para produtos holandeses. O que faltava aqui, nas empresas, hotéis, taxis, em pontos turísticos e no aeroporto internacional, eram pessoas que soubessem falar inglês. “Experimentei naquela época, a vida de um estrangeiro que não fala português ou apenas um pouco, não é nada fácil. Eu avalio muito bem como estes estrangeiros, que vem para a Copa no próximo ano, irão se sentir.” - disse.

Então, descobriu um grande mercado: ensinar inglês. Começou a dar aulas, tirou o certificado internacional “Proficiency in English” da Universidade de Cambridge na Inglaterra e fez um curso de especialização em inglês na UFMG que deu o título de especialista no ensino da língua inglesa.

Em 1997 veio para Confins, ainda deu aulas em BH por 7 anos. Depois de alguns anos, algumas pessoas de Confins o procuraram  e então começou a dar aulas também na sua casa. Naquela época não havia nenhum curso em Confins, reformou a casa antiga do seu sogro e começou o curso de inglês Progress em 2003.

Qual é a importância da língua inglesa para Confins? Muitas famílias em Confins dependem para sua renda parcialmente ou integralmente do trabalho no aeroporto. Até algum tempo atrás o inglês não era muito exigido, mas a tendência atual é que para adquirir um emprego lá, ou mesmo manter o emprego atual, o inglês vai ser indispensável. Já tive vários alunos me pedindo uma declaração, exigida pelo empregador,  para comprovar o estudo da língua.

Com um bom nível de inglês você pode adquirir ou mudar para um emprego melhor e na hora da seleção pode lhe dar vantagem sobre outros candidatos. Além disso, com a construção de uma área industrial e de comércio exterior nos próximos anos vão surgir muitos empregos requisitando qualificação em inglês.

Acredito que qualquer jovem em Confins vai poder conseguir um emprego no aeroporto futuramente se, além de algum treinamento específico, também investir no inglês.

Inglês é difícil? O fato que o inglês é usado como língua universal já é uma indicação que não pode ser uma língua muito complicada. Comparando com português, os alunos brasileiros percebem logo que a gramática inglesa é bem mais simples. Claro, tem que se acostumar com um jeito de falar e se expressar bem diferente, como eu mesmo tive que passar por este processo para falar português. Aprender a falar qualquer idioma exige paciência e alguma dedicação. Como uma criança também não aprende falar a própria língua de um dia para outro, pode se imaginar que aprender uma língua estrangeira no ritmo de 2 aulas por semana é questão de alguns anos. O maior contato com a língua, melhora a aprendizagem. Ler livros, revistas em quadrinhos em inglês, assistir filmes sem legenda, escutar músicas e se for possível, praticar a fala com estrangeiros. Também é melhor estudar em casa todos os dias por 15 minutos do que 2 horas em um dia. Criança, adolescente ou adulto, qualquer um pode aprender inglês. A criança tem a vantagem que o cérebro dela e capaz de assimilar uma língua com mais facilidade, um adulto não precisa ter mais dificuldades que um adolescente. Se tiver é porque adolescentes estão no ritmo de estudar e adultos normalmente estão cheio de responsabilidades e por isso têm menos tempo sobrando para revisão. Aqueles que têm um pouco menos afinidade com a língua inglesa, precisam se esforçar um pouco mais.

Quanto tempo dura um curso de inglês? No Progress existem 6 níveis, de “Beginner” (iniciante) até “Advanced” (avançado). Cada nível, estudando em turma de 2 aulas por semana, demora cerca de 1 ano e meio, contando com as férias e feriados no Brasil.

Depois do primeiro nível já tem conhecimento suficiente para atender pessoas no aeroporto ou para sobreviver no exterior. Mas logicamente, com um nível mais alto sabe se virar num maior número de situações. Se o aluno realmente sai do curso falando depende de um fator muito importante: não ter medo de falar. Durante os 16 anos que já estou dando aula aqui, observei que muitos alunos sentem vergonha, parece que tem medo de errar. Provavelmente porque eles não tem costume de aprender línguas estrangeiras na escola. Meu conselho: não tenha medo porque o estrangeiro quer comunicar e não julgar se seu inglês é perfeito. Não esqueça: para aprender falar tem que falar.

Hoje em dia existem vários cursos de inglês específicos, para taxistas, atendentes no aeroporto. Eles podem ser úteis como complemento, mas não podem substituir um curso geral. O que adianta saber falar uma frase memorizada, se depois não se consegue prosseguir num diálogo com um estrangeiro.

Mas é bom lembrar que nem todo mundo estuda inglês por causa do emprego. Também existem pessoas que continuam a estudar, simplesmente porque gostam da língua.

Aprender inglês é chato ou pode ser prazeroso? Muitas pessoas têm experiências negativas com métodos antigos, em aprender inglês em turmas grandes em escolas públicas, mas muitos cursos particulares oferecem cursos bem mais divertidos, com a ênfase em aprender falar. O método usado no Progress utiliza muito o áudio porque aprender a falar começa com o escutar. Uma criança pequena começa a falar escutando os pais e outras pessoas e assim começam a entender as frases no contexto. O que é legal do método no Progress é que o aluno vai ouvir pessoas de várias nacionalidades falando inglês e assim acostumar com sotaques diferentes. Isto é importante por que na vida real nós não encontramos apenas americanos ou britânicos. No aeroporto chega gente do mundo todo, falando inglês.

Última atualização Dom, 03 de Março de 2013 20:29
 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Notícias - Entrevista

WELCOME TO CONFINS. A LÍNGUA INGLESA É FUNDAMENTAL EM NOSSA CIDADE

A importância do inglês atualmente é indiscutível em qualquer lugar do país, e se esse lugar... Leia mais...
Imagem
ENTREVISTA. DOUTOR MARCELO FALOU DA SUA AUSÊNCIA COMO CANDIDATO E DISSE QUE CONFINS PRECISA SE PREPARAR PARA NÃO VIRAR PERIFERIA

O Portal de Confins esteve no consultório do Dr. Marcelo Mari de Castro, Médico, Cirurgião,... Leia mais...
Imagem
ZÉ CANELA E OS BONS E SOFRIDOS TEMPOS DO FUTEBOL

Na coluna MEMÓRIA DE CONFINS deste mês, além da memória fotográfica, que já é comum. também... Leia mais...
Imagem
CONFINS PRECISA DE PLANEJAMENTO E INOVAÇÃO

Analisando o cenário político da cidade de confins, pode-se observar o nome do vereador Juninho... Leia mais...
Imagem
VEREADOR LUIZ ROSA FALA DA IMPORTÂNCIA DA FREVEM E DOS PROBLEMAS QUE CONFINS ENFRENTA

Em entrevista a TV Câmara de Belo Horizonte, Luiz Rosa fala sobre a integração dos municípios... Leia mais...
Imagem
ENTREVISTA: JOAQUIM DA RECEITA

A preocupação com o bem estar da população de Confins, tem sido constante no trabalho do... Leia mais...
Imagem
ENTREVISTA: VEREADOR LUIZ ROSA*

“Bastava alguém que estivesse disposto a brigar pelo investimento que certamente a Copasa... Leia mais...
Imagem
A BENÇÃO, TIA SÍNTIA, LEVADA E SAPECA

A Equipe do Portal de Confins deixa aqui suas condolências aos familiares da nossa querida Tia... Leia mais...
Imagem
ENTREVISTA: CELSO ANTÔNIO DA SILVA

O empresário Celso Antônio da Silva, o Totô, fala de sua passagem pela administração de... Leia mais...
Imagem
ENTREVISTA: JOÃO BATISTA DA SILVA

  João Batista da Silva, 62 anos de idade, 32 anos de casado, três filhos, um casal de netos.... Leia mais...
Banner
Se você não quer sua foto publicada no Portal de Confins, entre em contato citando o evento e o número da foto para retirarmos.
 

Leia o Jornal